11.8.03

Canção pra fazer Tati dormir

Descansa, anjo... Eu cuido do teu sono...
Repousa junto a mim teu coração.
Dorme tranqüila. Nada lá fora
Pode te ameaçar o sono agora.
Descansa. Fica leve. Sai do chão.

Descansa, anjo, que eu te protejo
Dos olhos da bruxa, do bicho papão.
Descansa enquanto aliso teus cabelos.
Descansa. Já não há mais pesadelos.
Descansa. Eu te dou minha proteção.

Esquece o teu cansaço. Deita o corpo.
Mergulha inteira no pensamento.
Eu faço a brisa soprar mansinho.
Invento um canto de passarinho
Pra que nada perturbe esse momento.

E dorme... Assim... Como quem perde a hora...
Como quem não tem hora pra acordar...
Dorme gostoso, moça morena
Do cabelo comprido, voz amena
E da risada boa de escutar...

Eu cuido pra que nada te aconteça.
Nada apareça de ruim que te incomode.
Nenhum barulho. Nenhum ruído.
Nenhuma coisa má. Nenhum perigo.
Nada te assuste. Nada te acorde.

Dorme tranqüila. Deixa que eu te cuido.
Nem muito frio. Nem muito calor.
Nenhum estrondo ou musica agitada.
Dorme. Eu me entendo com a madrugada.
Dorme. Eu me entendo com o Criador.

Mas nem que para isso eu me abandone
E até me esqueça eu mesmo de dormir.
E passe a noite te vigiando.
E passe a noite inteira te cuidando
E a noite passe sem eu sentir.

Então descansa. Eu cuido do resto.
Da dor. Do desconforto. Do cansaço.
Nada te preocupa mais. Descansa.
Dorme teu sono feito uma criança
E o que for preciso, deixa, eu faço:

Apago o Sol e reinvento a Lua.
Eu mudo as cores do meu País.
Eu troco o mar de lugar. Te trago a praia.
Levo a Bahia pro alto do Himalaia.
Misturo Guarapari com Paris.

Pego a Baia da Guanabara
E embrulho de presente pra trazer.
Chamo as estrelas pra cantar baixinho
Que é pra não amolar o teu soninho.
Preparo frases pra te dizer:

_Bom dia, Princesinha. _Dormiu bem?
_Sonhou alguma coisa especial?
_Ta descansada? _Quer pão com queijo?
_Quer bolo de fubá? _Café com beijo?
_Quer ser a musa do meu carnaval?

E fico imaginando coisas boas
Pra te esperar acordar:
Brinquedos, brincadeiras, passatempos,
Recortes, origamis, cataventos...
E muitas musicas pra cantar...

Descansa. Eu te preparo essa alegria.
Delicia. Poesia. Encantamento.
Invento coisa nova com tempero.
Talco. Perfume. Banho de cheiro.
E um chafariz feito de envolvimento.

Pra proteger teu sono delicado.
Pra te manter dormindo, distraída.
Eu redescubro o verso mais sublime.
Eu torço contigo contra o meu time.
Eu te ofereço toda minha vida.

E a Lua cheia se aproximando
Traz para mim, de prata, um violão.
So pra eu cantar serenata dedilhada.
Fazendo musica na madrugada.
So pra deixar feliz teu coração.

Por isso dorme, Tati. Delicada.
Nada de mal vai te acontecer.
Eu dou um susto na bruxa malvada.
Dorme tranqüila, Tati, porque nada
Eu vou deixar mais te fazer sofrer.

Descansa, Anjo. Eu cuido de tudo.
Descansa, Anjo. Pode deixar.
Descansa que eu te guardo, Princesinha.
Descansa. E guarda esse poeminha
Que é feito de um pedaço de eu te amar.

Nenhum comentário: