25.3.18

Somos todos iguais

Somos todos iguais, braços dados ou não,
Somos filhos da mesma frágil consistência,
Da mesma fome, do mesmo coração,
Da mesma sede de sobrevivência,

Braços dados ou não, pisamos o mesmo chão,
Vivemos sob a mesma dependência da ciência,
Somos todos iguais, sem exceção...
Iguais. Não há nenhuma diferença.

É sem sentido nenhum qualquer divisão,
Somos todos iguais, como cantou a canção,
Somos os filhos da mesma essência,

Viemos da mesma forma de concepção
E a morte vai nos reduzir à mesma condição...
O que nos divide é nossa demência.

27.2.18

Não façam mal ao Sofia

Não façam mal ao Sofia,
O Sofia é o que nos resta de esperança,
O Sofia é o que nos farta de ousadia
Ferir o Sofia
É ferir no coração nossa alegria...
O Sofia é ua usina
De ocitocina,
Sofia,
Mas poderia se chamar
Cidadania
Porque o Sofia
É um hospital que tem alma
E coração.
A história do nascimento do Sofia é uma lição
De doação quando não havia garantia
E de uma ideologia a favor do cidadão.
Nasceu como exercico de uma confraria
De diferentes credo, raça e religião...
Nas Minas onde a liberdade ainda que tardia,
Nas Minas do Clube de Esquina em cantoria,
Nas Minas de Carlos em forma de poesia
Nasceu o Sofia
E é por isso que o Sofia é uma paixão.
Nascer no Sofia
É um pouco experimentar a calmaria
Mesmo no olho do furacão.
Não faça mal ao Sofia, senhor Prefeito,
Senhor Secretário de Saude, não faça não,
Porque o Sofia é como o leite de peito:
Precisa de apoio e proteção.
Sabemos que vivemos num país de péssima  gestão:
Transporte,
Segurança ,
Educação,
Riquezas naturais,
Planejamento,
Governo,
Economia,
Mas o Sofia não...
O Sofia significa garantia
De bom atendimento,
Um atendimento do melhor padrão
Que se inicia na portaria
E segue até o fim da internação.
Em que outro hospital voce encontraria
Sentados à mesma mesa
Na hora da refeição
A gestante,
Seu cuidador,
A moça da portatia,
O médico visitante,
Os academicos de psicologia,
A Direção
E a Vice-Direção?
O Sofia é assim mesmo:
Uma harmonia
Que resiste a qualquer auditoria
E que ultrapassa qualquer explicação.
Sofia
É joia rara, e não bijouteria,
Sinonimo de boa companhia,
Quem há de lhe acusar de má gestão?
Sofia é uma referencia para os nossos dias,
Para nossos profissionais,
Nossas familias,
Nossas crianças,
Nossa nação...
O Sofia é a materialização
De sonhos que muitas vezes muitos de nós sonhamos,
É um pouco nosso sonho
Com os pés no chão.
Não façam mal ao Sofia
Porque é do Sofia que precisamos
Para continuar acreditando,
Para seguir aprendendo,
Porque o Sofia não tem nem lugar nem quando...
Quem não conhece o Sofia está perdendo...
Sofia Feldman
Já quase que não é mais só um Hospital,
Já é um mito.
Recebe entao,
Esse poema, Sofia,
Como um grito:
Não façam mal ao Sofia
Porque maldade assim
Não tem perdão.

25.11.17

O sindicato

Se você não contar o sindicato não vai saber
E sem saber o sindicato não vai brigar pra melhorar
Se não melhorar vai ser pior pra você
Por isso mesmo é que é muito melhor contar

Falar da crise as vezes pode doer
Mas não falar quase sempre pode piorar
Por isso o sindicato precisa demais conhecer
Onde é que dói para procurar melhorar

Conta pro sindicato. Ele precisa ver
Entre o que falta e o que sobra há muita coisa a fazer
E se é você que conhece você precisa mostrar

Aquilo que você sabe você precisa dizer,
Mandar relatos, falar, fotografar, escrever
E a partir dai as coisas vão começar a mudar...

13.6.17

O abraço

Porque se abraçam sem se tocar,
E acabam se tocando com o coração,
A foto para a posteridade recordar,
Parece que estão de combinação...

Porque tão delicado esse abraçar,
E tão gentil essa aproximação:
Miguel que parece quase sonhar,
Vitor Hugo, um primo que parece um irmão,

E a fotografia desse abraço,
O colo que permite aos dois o laço,
A luz que transborda em outra dimensão,

Ah, que fotografia preguiçosa.. .
É sono ou serão dois dedinhos de prosa?
Os que viverem, verão...

10.6.17

A minha mãe

E quando em volta tudo é fome e frio,
E quando tudo parece solidão,
Como um mergulho num grande vazio
Sem esperança de salvação,

E quando é desumano o desafio,
Como uma carta de condenação,
Como o afundamento de um navio,
Como tentar seguir na contramão,

Então é nessa hora que ela cresce,
Inabalável, como uma prece,
Inteira e cheia de decisão,

Minha mãe, meu exemplo de coragem,
A minha companheira de viagem,
A minha fonte de inspiração...

8.6.17

O.anjo protetor

Eu queria ser seu anjo protetor,
Cuidar de você, proteger sua vida,
Nunca contaminar você com a minha dor,
Nunca machucar você com minha ferida,

Tratar você com carinho e com amor,
E sem abandonar você, sem despedida,
Como a gente faz quando a gente dá valor
Quando a pessoa que a gente ama é a mais  querida,

Queria às vezes não errar tanto,
Não que eu desejasse ser uma espécie de santo,
Só queria entregar a você minha alegria,

E oferecendo sempre a minha  mão,
Deixar inteiro pra você meu coração
Renovando essa entrega a cada dia...

7.6.17

O milésimo poema

O milésimo poema, finalmente,
Há mais de 10 anos sendo preparado,
Acabou de sair e ainda está quente,
O milésimo poema... E bem contado...

Mas não tem nada de especial ou diferente
Além do número 1000 gravado ao lado,
Talvez não seja o mais inteligente
E nem o mais bem arrumado...

Mas por ser o milésimo poema,
Ganhou um soneto falando sobre o tema
E agora vai viver feliz da vida,

Que venham mais mil, diz o poeta,
E a poesia, por não ter mapa ou meta,
Segue, silenciosamente agradecida...

Poema para Helloiza

Que chegue no seu tempo
Suave e leve como a suave brisa,
Trazendo o amor de que seu coração tanto precisa
E a paz sonhada pro seu coração,
Que chegue modificando o seu sorriso,
Mostrando como é o amor no paraíso,
Trazendo dias de dedicação,
De uma dedicação que não tem hora,
De uma dedicação que as vezes chora,
Que outras vezes ri,
E que algumas outras se chama superação...
Que venha Hellloiza
Trazendo uma beleza que desestabiliza
O tempo ruim que as vezes faz lá fora,
Como se viesse trazendo encantamento
E o necessário para o enfrentamento
Do mundo torto que nos desafia.
Que venha Helloiza,
Que traga poesia,
Que os dias nunca mais sejam de dor,
E o coração, ainda que cansado,
Não se torne nunca mais alma vazia,
Que venha Helloiza com muito amor,
Nos ensinando novos caminhos,
E descobrindo novos carinhos
De um novo mundo revelador,
E que assim seja
Pela vida afora,
Helloiza
Que venha em boa hora,
Que Deus te cubra com seu manto protetor.