10.6.17

A minha mãe

E quando em volta tudo é fome e frio,
E quando tudo parece solidão,
Como um mergulho num grande vazio
Sem esperança de salvação,

E quando é desumano o desafio,
Como uma carta de condenação,
Como o afundamento de um navio,
Como tentar seguir na contramão,

Então é nessa hora que ela cresce,
Inabalável, como uma prece,
Inteira e cheia de decisão,

Minha mãe, meu exemplo de coragem,
A minha companheira de viagem,
A minha fonte de inspiração...

Nenhum comentário: