25.9.12

A rima (V)

A rima tentou conversar, eu nem vi,
Eu nem prestei atenção,
A rima veio atrás de mim, nem percebi,
Deixando a rima com a cara no chão,

A rima insistiu e pediu, eu não ouvi,
Pra que eu deixasse ela falar, mas não,
Eu fui extremamente deselegante e dai
Que a rima foi-se embora. Que situação.

Agora eu fico aqui, verso isolado,
Com medo de me sentir abandonado:
Fazer versos sem rimas não tem graça nenhuma...

Da próxima vez vou ficar mais esperto
E cuidar bem da rima pra te-la por perto,
Fazendo de tudo pra que ela não suma...

Nenhum comentário: